Período de Transição: Pós-Parto Como Analisar?

Dica: Vacas recém paridas devem retornar ao seu comportamento normal até 3 dias após o parto, se após a parição sua ruminação continuar caindo, ATENÇÃO a ela.

Rotina de Acompanhamento das Vacas no Pós-Parto

1. Acesse os animais monitorados do pós-parto em 'Monitoramento > Animais Monitorados', e no Status de Reprodução selecione 'VAZ PEV' (Vazias no Período Voluntário de Espera), como na imagem a seguir.

2. Após aparecer seus animais do pós-parto, clique nos indicadores da seta vermelha para classificar cada item de maneira crescente ou decrescente (imagem acima).

3. Acompanhe todos os animais com baixa ruminação (menor que 6 horas), ou que possuem alertas de saúde grave ou observação (alta variabilidade na ruminação). Estas vacas precisam ser observadas e em casos graves analisadas, principalmente as que possuírem DEL menor que 15.

4. As vacas em 'Desafio' recomendamos acompanhar quando sua ruminação está abaixo de 6h.

5. Outra dica útil se você está organizando um processo de acompanhamento do pós-parto é analisar as vacas que são recém paridas, para isto, classifique o DEL do menor para o maior (clicando na seta vermelha mostrada na imagem 1), e analise as vacas com DEL até 15 dias (ou o período que você definir para sua propriedade.

6. No segundo dia após o parto as vacas que tiveram uma parição adequada já devem estar retornando ao seu padrão normal de ruminação (superior a 7h na maioria das fazendas monitoradas com dieta ajustada), apesar de algumas vacas ainda estarem com status de saúde 'Desafio' gerado pela variabilidade comportamental do parto, é o padrão desejado para uma transição de sucesso.


7. A imagem acima ilustra um exemplo de vaca com transição de sucesso, observe a estabilidade da ruminação da vaca, uma alteração no dia do parto com aumento de atividade e após já retoma o seu comportamento de ruminação normal. Vacas com este perfil de comportamento tendem a emprenhar bem mais cedo quando comparado a vacas que apresentam problemas na transição.

8. Diferentemente da imagem anterior, a figura acima ilustra uma vaca com problema na transição. Observa-se que desde o pré-parto o animal apresenta um nível muito baixo de ruminação, o que indica um baixo consumo da dieta aniônica (utilizada para prevenção de hipocalcemia subclínica).

Após a parição esta vaca tem quadro de piora de ruminação e maior aumento do ócio, gerando novo alerta e confirmando retenção de placenta. Casos como deste animal que tem alerta de saúde logo após o parto, geralmente impactam o seu futuro produtivo e reprodutivo. Em média, animais com problemas sanitários no pós-parto tem 150 dias em aberto (pesquisas realizadas em bancos de dados da COWMED).

9. Defina um responsável, mensure periodicamente suas vacas da transição e converse com seu veterinário para traçar estratégias. O futuro da sua fazenda passa pela opinião das suas vacas.


Gostou do conteúdo e quer saber mais sobre comportamento de vacas no período de transição? Acesse nosso e-book sobre Comportamento de Vacas no Período de Transição pelo link.

8 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo